sexta-feira, 21 de março de 2008

Tua Presença

Algo que ainda não tenho...
Mas que certamente virá um dia
Numa tarde, sem pedir licença
Abrindo a porta, com o sorriso de sempre

Sorriso que ainda não conheço
Que recebo e agradeço
Que me instiga e me desfalece
Que surge de repente e de repente desaparece

Queria tua presença, não para ter-te
Mas para usufruir-te sem pudor
Poder apenas olhar-te, ver-te

Queria-te assim, todo prazer só por dizer-te
Que fique assim, assim mesmo, já sinto seu calor
Que gana eu tenho de possuir-te e comer-te

Ana Cristina Martins
Publicada em 19 de agosto de 2005
http://anacris-nika.weblogger.terra.com.br/2005/8/index.htm

Nenhum comentário: