sexta-feira, 27 de julho de 2012

Lembrando Leminski...



Amor, então, 
também acaba? 
Não, que eu saiba. 
O que eu sei 
é que se transforma 
numa matéria-prima 
que a vida se encarrega 
de transformar em raiva. 
Ou em rima.

Paulo Leminski

Nenhum comentário: