sexta-feira, 27 de julho de 2012

Meu gato Sushi, depois de um 'rolêzinho' básico na rua - virou boêmio diurno, o safado! Sai de dia e só volta quando a noite cai. Cansado, enche a pança, bebe água fresquinha e... se aboleta na estante, espalhando o que estiver em cima, para aquela soneca básica. Tá todo feliz! rsrs





Eu adoro ele! Aprendi e aprendo coisas preciosas com ele. Recentemente, ele me ensinou o valor da liberdade. Os animais, especialmente os gatos, são sábios. Ele é companheiro, carinhoso, mas... independente! 
Parece contra-censo? Pois é, mas eu sou assim, e creio que essa é a maior dificuldade que as pessoas têm em lidar comigo. Enfim, lições dos bichos!


E para completar, algumas frases da psicanalista Nise da Silveira, sobre os gatos:

“Os gatos são os seres mais lindos, inteligentes e independentes do mundo. Essa é a razão por que os homens tem tanta dificuldade de se relacionar com eles e os perseguem indiscriminadamente desde o início dos tempos.” 

“Desprezo as pessoas que se julgam superiores aos animais. Os animais tem a sabedoria da natureza. Eu gostaria de ser como o gato: quando não se quer saber de uma pessoa, levanta a cauda e sai. Não tem papo.” 

“Eu me sinto bicho. Bicho é mais importante que gente. Pra mim o teste é o bicho, se não passar por ele, não tem vez. Freud disse que quem pensa que não é bicho, é arrogante.”

Nenhum comentário: