segunda-feira, 14 de abril de 2008

PAGU (Rita Lee)


Mexo, remexo na inquisição
Só quem já morreu na fogueira
sabe o que é ser carvão
Eu sou pau pra toda obra,
Deus dá asas à minha cobra
Minha força não é bruta,
não sou freira nem sou puta

Porque nem toda feiticeira é corcunda,
nem toda brasileira é bunda
Meu peito não é de silicone,
sou mais macho que muito homem
Nem toda feiticeira é corcunda,
nem toda brasileira é bunda
Meu peito não é de silicone,
sou mais macho que muito homem

Sou rainha do meu tanque,
sou pagu indignada no palanque
Fama de porra-louca, tudo bem,
minha mãe é Maria ninguém
Não sou atriz, modelo, dançarina
Meu buraco é mais em cima

Porque nem toda feiticeira é corcunda,
nem toda brasileira é bunda
Meu peito não é de silicone,
sou mais macho que muito homem
Nem toda feiticeira é corcunda,
nem toda brasileira é bunda
Meu peito não é de silicone,
sou mais macho que muito homem
http://www.youtube.com/watch?v=5CK620UTg5o&feature=related

sou "Pagu" até o último fio de cabelo...

Nenhum comentário: