quarta-feira, 30 de abril de 2008

A (in?) sustentável leveza de ser...


Pessoas de peso, n’água afundam
Como chumbo, num segundo...
Carregam o peso do mundo!

Pessoas leves (raras), têm asas
N'água flutuam, deixam-se flanar
Levam seus sonhos pro mar!

O pesado,
Tem vida difícil, mesmo

Não aceita a si...
Nem aos outros
Não se permite
Nem se desfruta
Não se olha
Nem se sabe
Não se come
Não sorri, nem para si

O leve,
A vida desfruta
Sorve-se,
Saboreia-se
Lambuza-se
Lambe-se
Devora-se
Permite-se
Ama-se
Deleita-se
Ri de si e de todos
Sorri para si e para o mundo

Nenhum comentário: