sexta-feira, 29 de fevereiro de 2008

Miguel de Unamuno (in 'Solidão')

"O solitário leva uma sociedade inteira dentro de si: o solitário é multidão.
E daqui deriva a sua sociedade. Ninguém tem uma personalidade tão acusada como aquele que junta em si mais generalidade, aquele que leva no seu interior mais dos outros.
O génio, foi dito e convém repeti-lo frequentemente, é uma multidão. É a multidão individualizada, e é um povo feito pessoa.
Aquele que tem mais de próprio é, no fundo, aquele que tem mais de todos, é aquele em quem melhor se une e concentra o que é dos outros."

Nenhum comentário: