quarta-feira, 24 de março de 2010

A ESTRADA DA VIDA (Claire Feliz Regina)

Deixo aqui um poema que gosto muito, de uma poeta que gosto mais ainda. Não só pela sua poesia, mas também pela sua história de vida.
Claire Feliz Regina, 82 anos, começou a escrever poesia aos 80. Principalmente, poesia erótica!


A estrada da vida 

 
A cidade onde nasci
As ruas por onde andei
Os lugares que conheci
E as paredes onde eu amei

Deles eu nunca me esqueci

São os lugares da minha vida
Espaços da minha memória
Se um dia eu for poeta
Vou cantar em sua glória

Ele pensa que se lembra de todos
Mas há uma estrada muito esquecida
E justamente aquela que foi a primeira
Por todos nós percorrida

Nenhum poeta fez versos para ela
Nem você se lembra do nome dela

"Perereca", "xoxota" e até "periquita"
São nomes que dão para ela
Mas você sabe na verdade o que ela é
ela é a porta de entrada da vida

E se você não nasceu de cesariana
Tenha mais carinho ainda com a
"perseguida"

Pois ela já foi um dia
A sua única saída.

5 comentários:

Shidon disse...

Ô coisa maravilhosa.

Geraldo de Barros disse...

sempre estou viajando pelas palavras em busca de outras palavras para chegar a outras pessoas, à vida, e por acaso pouso aqui, encantado com seu espaço, muito bom, não conhecia a Claire Feliz Regina, gostei muito, também gostei de suas palavras, parabéns!

estou te seguindo pra não mais te perder =)

um grande abraço,
Geraldo.

André disse...

Olá, Ana Cristina! o teu texto é muito bem escrito, tem verve, bom-gôsto e é muito bem-humorado. Uma homenagem como poucas já o fizeram. Minha admiração! um abraço com carinho e poesia.

Sylvia Araujo disse...

hahaha que maravilha! Fica ainda mais maravilhoso depois do seu esclarecimento sobre a autora e sua idade.

Incrível!

Beijo, beijo

Sylvia Araujo disse...

hahaha que maravilha! Fica ainda mais maravilhoso depois do seu esclarecimento sobre a autora e sua idade.

Incrível!

Beijo, beijo