segunda-feira, 19 de outubro de 2009

PALHAÇO

Poema inspirado no Palhaço Tuingo - Nico Serrano (foto)

Chique na imagem para ler e ver em tamanho maior.












Tem nada, não
Que faça abrir mão
De uma ruidosa risada
De uma boa piada
No meio da escuridão

Tem tristeza, não
Que desfaça essa emoção
Brilho nos olhos que apague
Nem lágrima que estrague
Traz sempre flores na mão

Tem não, nem solidão
Que não venha do coração
Traz sempre essa luz “ligada”
Essa deliciosa risada
Que explode feito um clarão


ANA CRISTINA MARTINS

Nenhum comentário: