sábado, 26 de novembro de 2011

Eu te amo


Eu te amo
E porque amo fácil
Tudo é tão mais intenso
E em tudo falta espaço

Eu te amo
E porque te amo, penso
Que é tudo tão delicado
E se faz tudo tão mais denso

Eu o amo
E porque amo forte
Qualquer coisa me tira o chão
Mas o teu não, me dá norte

Eu o amo
E porque amo assim
É tudo um profundo corte
Mas é curativo em mim

Eu te amo
E porque te amo mais
Nada é para menos
Tudo é sempre tão demais

Eu te amo
E porque amo (só por isso)
Tudo é tão urgente
E por demais movediço

Eu te amo
E porque amo em verso
És toda a minha certeza
Todo o meu universo

Eu te amo
E por que amo, veja
É tudo para todo o sempre
E tanto medo de que não seja

Eu te amo
E por que nos amamos
É que em tudo nos perdemos
E tudo, em nós, ganhamos



AnaCris 
----------------------------------------------

Nenhum comentário: