domingo, 29 de agosto de 2010

COMPORTADA

















Eu sou uma menina comportada

Sim, eu sou!

Mas só abro as comportas

Quando a noite cai

E as línguas se calam

E nem coruja pia

Não gosto de cair

Na boca de ninguém

Que não sou prato do dia

Nem me faço refém

Só na tua, neném

 E pra cair na tua boca

Saio de fina e finjo

Que marco touca

Me faço até de louca

Tiro a roupa, toda

Grito, até fico rouca

Quero que se foda

Na tua, eu caio de boca!



AnaCris Martins

11 comentários:

Anônimo disse...

Que coisa mais gostosa!
Que palavras verdadeiras!
E vc, AnaCris, com sua delicadeza e sutileza escreveu de uma forma encantadora oq se passa por aqui... por ali... por lá, nos corações de muitas mulheres.
Obg, querida por esta JOYa! rs

beiJOYs

Marcello disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Marcello disse...

gostei do jogo de palavras... e mais ainda da ousadia

abraço

AnaCris (Nika) disse...

Obrigada, Joyce linda!
é isso, né? a gente faz poesia pra tocar na alma. na nossa e pelo menos na de uma formiguinha... a gente toca.
beijo!

AnaCris (Nika) disse...

Obrigada, Marcello, por este e pelo comment anterior.
voltei lá no seu espaço (e conheci o segundo, o 'barro') e tb gostei.
seja sempre bem vindo!

Neuronio disse...

...Creio que um dos Melhores,
"senão *O MELHOR"
Já elaborado até agora!!!

...Absolutamente marcante,
Profundo, Extenuante,
assim como dificilmente antes
Já feito,
Assim, do Peito,
Cavalar e Deslumbrante!!!

Clap, Clap, Clap...!!!

AnaCris (Nika) disse...

Ai que exagerado você, né Neuronio?

... mas amei vc ter comentado meu blog pela primeira vez! uhuuuu!
beijo, querido!

PEDRO disse...

Goestei muito AnaCris.
Sentimento puro, diluido em
palavras!
Delícia!

Jane Fiuza Virmond disse...

garota esperta! pura poesia.

AnaCris (Nika) disse...

Oi Pedro, obrigada e seja bem vindo! Vou fazer uma visita ao seu espaço brevemente, viu?

Jane, que gostoso tê-la por aqui. Seu espaço já conheço e sabe qeu curto, né?

beijo grande pra vocês!

A.S. disse...

Nika...

Amei a rebeldia do poema! Tem alma e as palavras têm vida!!!


BjO´ss
AL